Mensagem Espírita – Pensamento

men esp

“Um pássaro que repousa numa árvore
nunca teme que o galho quebre,
porque a sua confiança não é no galho,
mas nas suas próprias asas.”oferecimento info tech3

Publicado em Mensagem Espírita | Deixe um comentário

Codemig realiza voo inaugural de Belo Horizonte para Pouso Alegre

A cidade do Sul de Minas é um dos cinco municípios incluídos na nova fase do Voe Minas Gerais

O Governo de Minas Gerais, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) e da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), iniciou neste mês a segunda fase do Projeto de Integração Regional de Minas Gerais – Modal Aéreo (Voe Minas Gerais). Cinco novas cidades foram incluídas às rotas, que passam a ter, além de voos diretos para o Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, opções de escala, com voos que ligam os municípios do interior entre si.

Pouso Alegre é um dos novos destinos, juntamente com Araxá, Lavras, Manhuaçu e Passos. A cerimônia de batismo do voo inaugural para a cidade acontece hoje(25) às 17h00, no Aeroporto Municipal de Pouso Alegre, com a presença de representantes do governo estadual.

Os novos municípios incluídos nos circuitos farão conexão com as 12 cidades da primeira fase do projeto: Curvelo, Diamantina, Divinópolis, Juiz de Fora, Muriaé, Patos de Minas, Ponte Nova, São João del-Rei, Teófilo Otoni, Ubá, Varginha e Viçosa. A venda das passagens continua a ser feita pelo site www.voeminasgerais.com.br.

As rotas da primeira fase do projeto foram definidas a partir de uma pesquisa, que ouviu mais de 2 mil pessoas em 31 municípios. Nesta segunda fase, a partir da avaliação do primeiro mês de funcionamento, os voos foram remanejados para garantir a prestação do serviço mais intensa nos locais onde houve maior procura de passagens e também atender a demanda das novas cidades. Também foram consideradas as sugestões feitas por passageiros e moradores dos municípios atendidos na primeira fase do projeto, sobre dias e horários dos voos.

Primeira fase

O Voe Minas Gerais foi lançado em agosto deste ano e realizou, até o dia 21 de outubro, cerca de 350 voos. Segundo o presidente da Codemig, Marco Antônio Castello Branco, trata-se de um processo de criação de uma nova cultura: “O uso de aeronaves de pequeno porte para aviação regional, que é comum em outras partes do País, ainda é uma iniciativa inédita em Minas Gerais. Por isso, acreditamos em um interesse crescente pelo serviço. A procura que tivemos por passagens na rota de Teófilo Otoni, por exemplo, comprova que há uma demanda dos mineiros por essa forma de transporte, mais ágil e segura”. As três rotas onde houve maior procura de passagens na primeira fase do projeto foram Teófilo Otoni, Viçosa e São João del-Rei. Diamantina, Patos de Minas e Juiz de Fora também tiveram uma procura de destaque.

O valor das passagens varia de R$ 100 a R$ 550, de acordo com a distância percorrida. As aeronaves, modelo Cessna Grand Caravan 208 B, transportam até nove passageiros e, em breve, farão também transporte de carga.

Voe Minas Gerais e aviação

O Projeto de Integração Regional de Minas Gerais – Modal Aéreo busca fomentar os negócios locais, desenvolver o turismo, integrar as diversas regiões do estado e facilitar o deslocamento de moradores do interior para Belo Horizonte, permitindo que tenham acesso rápido a eventos e serviços disponíveis na capital.  Para Minas Gerais, que possui uma área total de quase 600 mil quilômetros quadrados, o investimento na regionalização por meio do transporte aéreo é estratégico e indispensável para atender a meta de redução das desigualdades nos 17 territórios de desenvolvimento estabelecidos pelo Governo do Estado.

Segundo informações da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Minas Gerais conta atualmente com 121 aeródromos privados e 86 públicos. A administração, a manutenção e a exploração dos aeródromos públicos são atribuições da União. A Setop vem trabalhando em processos de delegação União-Estado, possibilitando investimentos do Governo estadual em reformas, melhorias e posterior delegação aos municípios ou empresas, para operação e manutenção.queijo

 

 

Publicado em Noticias de Minas Gerais | Deixe um comentário

Transparência Internacional condena tentativas de conceder anistia a políticos acusados de corrupção no Brasil

O Congresso brasileiro está tentando aprovar um projeto de anistia para os crimes de doações eleitorais não registradas, conhecidos como caixa 2, que deixará impunes políticos que praticaram corrupção.

A tentativa quer pegar carona em um projeto de lei contra a corrupção, oriundo de uma iniciativa conhecida como 10 Medidas Contra a Corrupção, apoiada pela Transparência Internacional. Na Câmara dos Deputados, a TI atuou na discussão do projeto de lei apresentando contribuições e ressalvas. A Transparência Internacional condena essa iniciativa que visa conceder aos políticos corruptos uma anistia e pede ao Congresso que aprove o pacote anticorrupção sem qualquer alteração neste sentido.

“Esse truque para aprovar uma legislação que conceda anistia aos políticos que cometeram crimes eleitorais é uma farsa. As pessoas ficam indignadas quando veem que os corruptos não são instados a prestar contas. O fato de que está sendo feito sob o disfarce de uma forte legislação anticorrupção é absurdo. Exortamos o Congresso a aprovar a legislação anticorrupção sem anistia e condenar o subterfúgio. Não é nenhuma surpresa que os cidadãos não confiem em seus políticos”, disse José Ugaz, presidente da Transparência Internacional.

Sobre a Transparência Internacional

A Transparência Internacional é a principal organização dedicada à luta contra a corrupção no mundo, com 20 anos de atuação, presente em mais de 100 países e com um Secretariado global em Berlim.

A presença global da TI permite que ela defenda iniciativas e legislações internacionais contra a corrupção e que governos e empresas efetivamente se submetam a elas. Sua rede global também significa colaboração e inovação, o que lhe dá condições privilegiadas para desenvolver e testar novas soluções anticorrupção.odonto ofere

 

Publicado em Geral | Deixe um comentário

Comunicado Importante Direção Técnica do Hospital Samuel Libânio

ofere erasmo

Publicado em Geral | Deixe um comentário

Mais de 20 mil famílias da zona rural recebem energia elétrica em Minas Gerais

Conheça a história de Orosino, agricultor beneficiado pelo Programa de Eletrificação Rural da Cemig, que pela primeira vez tem luz em casa. Programa deve levar energia elétrica para 50 mil propriedades até 2018

Foi no dia 4 de julho deste ano, no seu aniversário de 46 anos, que o agricultor Orosino Pereira Gomes ganhou o presente que mais esperava: luz elétrica. Sua casa, na zona rural de Felício dos Santos, no Alto Jequitinhonha, foi uma das beneficiadas pelo programa Eletrificação Rural, da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), que já levou eletricidade para mais de 20 mil propriedades mineiras desde o ano passado.

“Para mim é uma alegria enorme ter energia elétrica, minha família não sabia o que é isso. Foi o melhor presente que ganhei”, diz. A esposa de Orosino, Geralda Andrade, 37 anos, conta que a vida da família mudou. “A primeira coisa que fiz foi correr e ligar a geladeira. Era nosso sonho, eu chegava da roça e não tinha uma água gelada para beber. Tudo que a gente comprava que precisava ficar congelado ficava na casa do meu cunhado, longe daqui. Agora, tenho geladeira funcionando e água geladinha”, comemora.

O programa de Eletrificação Rural da Cemig objetiva levar eletricidade para toda a zona rural dos 774 municípios da área de concessão da empresa até o final de 2018. Serão ligadas, aproximadamente, 50 mil propriedades, beneficiando mais de 200 mil pessoas e atingindo  mais de 99% de cobertura de energia elétrica no estado.

A iniciativa também faz parte do plano para enfrentamento da pobreza no campo, lançado em junho deste ano pelo governador Fernando Pimentel, batizado de Novos Encontros. Em 2015, a Cemig já tinha realizado 10.151 ligações e, de 2016 a 2018, o investimento previsto é de R$ 800 milhões para fazer mais 50 mil ligações, das quais dez mil já foram feitas de janeiro a novembro deste ano.

 “A maior parte destas ligações que estão sendo feitas corresponde ao déficit de mais de 30 mil ligações que estavam acumuladas desde 2010 e que estamos colocando em dia e concluindo nesta gestão”, explica o engenheiro de Planejamento do Sistema Elétrico da Cemig, Fernando Conrado.

Segundo Conrado, além de atender o usuário com a instalação da rede elétrica, a Cemig também oferece, gratuitamente, um kit básico de instalação interna, que contém padrão de entrada, ramal de conexão, lâmpadas e tomadas. Para tanto, é preciso que o beneficiário esteja no Cadastro Único do Governo Federal.

“Entendemos que essa universalização do serviço, com atendimento às zonas rurais do estado, reflete fortemente na vida dessas famílias. Hoje, é difícil imaginar que existam pessoas que nunca viram luz elétrica ou assistiram televisão. Mas, isso existe e a Cemig está trabalhando para levar luz para esses rincões de Minas Gerais”, afirma.

Norte do estado

O maior déficit de energia elétrica hoje está no Território Norte . Por isso, a Cemig vai realizar cerca de oito mil ligações apenas na região até 2018, com investimento de R$ 160 milhões.

Em 2015, foram atendidas 1.244 propriedades rurais no Norte, com investimento de R$ 13,6 milhões. Em 2016, até o dia 18 de novembro, outros R$ 18,7 milhões foram investidos e 1.461 propriedades foram atendidas. Entre 2017 e 2018, mais R$ 145 milhões serão aplicados na região e mais de oito mil ligações serão feitas.

Eletrificação Rural

Ao longo do Programa de Eletrificação Rural, serão construídos 15 mil quilômetros de rede – o que equivale a quase meia volta ao redor da Terra – e instalados 40 mil transformadores e milhares de postes.

“Primeiro estão sendo atendidas as pessoas que já solicitaram o serviço. Dentro desse grupo, estão propriedades rurais que se enquadram nos critérios do programa, poços artesianos comunitários, assentamentos para fins de regularização fundiária de interesse social, quilombolas, tribos indígenas, escolas rurais e produtores rurais”, ressalta o engenheiro de Planejamento do Sistema Elétrico da Cemig, Fernando Conrado.1

casa-ofere

Publicado em Noticias de Minas Gerais | Deixe um comentário

POLÍCIA MILITAR E REDE DE COMERCIANTES PROTEGIDOS FAZEM ÚLTIMA REUNIÃO DO ANO

 Em Lavras na Sede da ACIL, sito a Rua Costa Pereira, 45, Polícia Militar e Comerciantes integrados em rede se reuniram para demonstração das ações no ano de 2016.

O Comandante da 54ª Cia PM, Capitão Afonso, presidiu a reunião que contou com a presença de somente 11 comerciantes que participam da REDE DE COMERCIANTES PROTEGIDOS, do diretor comercial da CDL, Wanderson, além de 12 policiais militares, alunos do Curso de Formação de Soldados da 6ª Região da Polícia Militar como forma de aprenderem a estratégia na prática, como forma de atividade extracurricular da disciplina de Polícia Comunitária. 1

O Oficial esmiuçou a estatística criminal na cidade de Lavras no período de 1º Janeiro até 23 de Novembro de 2016, bem como a comparações da criminalidade no período de Janeiro a Outubro nos anos de 2015 e 2016.2Foram mostrados os principais problemas de Segurança Pública, destacando-se locais, alvos, horários, meios utilizados, suspeitos em atuação, além das medidas preventivas e de autoproteção que cada comerciante deve adotar em seu estabelecimento comercial e em sua residência.

A REDE DE COMERCIANTES PROTEGIDOS possui hoje mais de 130 integrantes em contato direto e imediato por meio de aplicativo de mensagens e se reúne a cada dois meses para discussão dos problemas e busca conjunta de soluções,objetivos que foram alcançados e que certamente continuarão no ano de 2017.

POLÍCIA MILITAR E COMERCIANTES: UNIDOS EM PROL DA PAZ SOCIALlucelia ofere

Publicado em Notícias Policiais | Deixe um comentário

Crianças pedindo paz em Santa Rita

Em Santa Rita do Sapucaí, ocorreu ontem(23), a Caminhada da Paz na região da Nova Cidade.

Crianças pedindo paz.

helen ofere

Publicado em Cidade | Deixe um comentário