Estado aproxima empresas e trabalhadores em busca de uma oportunidade de emprego

Em funcionamento desde 2016, o projeto Busca Ativa de Emprego levanta postos de trabalho disponíveis em todas as regiões de Minas Gerais

Em funcionamento desde o ano passado, o Busca Ativa de Emprego já foi implantado em 28 Unidades de Atendimento Integrado (UAIs) e 63 unidades do Sistema Nacional de Emprego (Sine) em Minas Gerais. O projeto, que identifica e propõe parcerias com empresas que podem oferecer novos postos de trabalho, tem ajudado vários cidadãos mineiros a conseguirem uma nova oportunidade de emprego.

“A ideia é de um sistema voltado para a melhora da captação de vagas nas unidades do Sine. Desde o ano passado começou e hoje já está presente em várias unidades espalhadas pelo estado”, destaca o diretor de Gestão de Processos de Atendimento da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), Emanuel Marra. Segundo ele o planejamento é levar, ainda em 2017, o Busca Ativa para as 133 unidades do Sine em Minas Gerais.

Funciona assim: o Busca Ativa identifica os setores da economia e as empresas com probabilidade de oferecer novas vagas. Esse levantamento é feito por meio do movimento de trabalhadores admitidos e desligados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e de dados cadastrais de pessoas jurídicas contribuintes do ICMS no estado. Estes últimos dados são provenientes de convênio de cooperação técnica firmado entre a Sedese e a Secretaria de Estado da Fazenda (SEF).

A partir do cruzamento desses dados, são produzidos boletins mensais com informações sobre o mercado de trabalho e uma lista de empresas que podem vir a contratar. Já foram produzidos, até hoje, 189 boletins.

“Todo mês produzimos um boletim de informações com as principais empresas que podem oferecer vagas. Enviamos esses boletins para os Sines, que vão até as empresas em busca de parcerias”, explica Emanuel. “Isso potencializa a geração de emprego nos municípios ou regiões. Os contatos são feitos por meio de visitas aos estabelecimentos ou por telefone”, complementa o diretor da Sedese.

Com a iniciativa, a expectativa do Governo de Minas Gerais é de ampliar o número de vagas em 50% na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) e em 25% no interior de Minas Gerais, ou seja, passar de 3 mil vagas por ano para 4.500 vagas/ano em BH e de 50 mil para 60 mil/ano no estado. Somente em Montes Claros, por exemplo, já foram levantadas cerca de 400 vagas.

Em outra frente de atuação, a Sedese realiza oficinas durante a nova etapa dos Fóruns Regionais de Governo, que acontece a partir deste mês de junho, para capacitar todos os Sines do estado. 

Novas oportunidades

Orsino Alves de Castro Filho, 51 anos, é um dos muitos que conseguiram uma nova oportunidade de emprego graças ao Busca Ativa. Ele ficou desempregado no ano passado e começou a procurar a recolocação em sites, redes sociais e agências. “Fui mandando (currículo) e ninguém me chamava para nada, nem para entrevistas, mal mal ligavam e perguntavam se tinha disponibilidade para conversar, mas não dava em nada”, recorda.

Tudo mudou quando ele resolveu procurar o Sine, onde já mantinha um cadastro. Com mais de 25 anos de experiência na área de Departamento Pessoal , não foi difícil conseguir uma recolocação no mercado. Quando surgiu uma vaga ele foi logo chamado, fez a entrevista e foi contratado no mesmo dia.

“Depois da entrevista, a gestora tinha comentado que tinha gostado do meu currículo e que possivelmente me daria um retorno mais tarde. E foi o que aconteceu. Me ligou e imediatamente voltei, no mesmo dia. Já comecei a trabalhar na parte da tarde”, conta Orsino, que está há seis meses na atual empresa.

Quem também conseguiu uma nova oportunidade de trabalho por meio do Sine foram o marido e o irmão de Janete Ribeiro, 49 anos, que estavam desempregados. Após concluir o cadastro no Sine, o marido de Janete recebeu uma oferta de emprego, porém não se encaixou no perfil da vaga. Atenta, Janete sugeriu que seu irmão fosse indicado à vaga e ficaram de retornar a ligação com uma resposta. Quando retornaram, ofereceram oportunidades de trabalho para os dois.

“Então os dois hoje estão trabalhando, tanto meu irmão quanto o meu marido. Eu fiquei encantada com o atendimento deles, com o respeito ao ser humano. É um resgate realmente da cidadania, da autoestima, porque normalmente a pessoa está muito pra baixo”, conta Janete. Clique aqui para ouvir, na íntegra, o depoimento de Janete. 

Projeto premiado

Considerado uma grande inovação, o projeto Busca Ativa de Emprego foi desenvolvido pela equipe da Diretoria de Desenvolvimento de Políticas para Inclusão ao Emprego da Sedese. A iniciativa conquistou o segundo lugar na categoria Inovação e Melhoria de Processos/Ideias Inovadoras Implementáveis do 1º Prêmio Inova Minas Gerais,realizado em 2016. 

Vagas de emprego

As Unidades de Atendimento do Sine oferecem, diariamente, diversas vagas de emprego. Clique aqui para consultar as principais vagas abertas nas unidades.

Em Belo Horizonte, o Sine está localizado no prédio da UAI (Praça 7, Av. Amazonas, 473), telefone 3271-6028, email vagas@social.mg.gov.br. O local fica aberto das 8h as 17h, das segundas as sextas.

 

Esse post foi publicado em Noticias de Minas Gerais. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s