17ª RPM COMEMORA DIA DO PESSOAL DA RESERVA E REFORMADOS

Em Pouso Alegre, no dia 20 de junho, a 17ª Região da Polícia Militar realizou a solenidade comemorativa do dia do pessoal da reserva e reformados com entrega de diplomas aos policiais militares recém-transferidos para a reserva e outorga das Medalhas de Mérito Coronel Fulgêncio de Souza Santos e a Medalha de Dever Cumprido. 

Na oportunidade foi entregue a Medalha de Mérito Coronel Fulgêncio de Souza Santos, para o Major QOR Aylton de Souza Alves. A homenagem objetiva agraciar os participantes da revolução de 1932, bem como personalidades e instituições que tenham prestado serviços relevantes à União dos Militares do Estado de Minas Gerais. 

Dando continuidade a solenidade, foi entregue a Medalha de Dever Cumprido, pela prestação de serviço por 30 anos na instituição e completado 30 anos de Inatividade para o 3º Sargento QPR Amelinho Pereira dos Santos.

Na ocasião, foi feita homenagem aos policiais militares que, após cumprirem o tempo de serviço ativo na corporação foram transferidos para a reserva. Eles receberam um diploma que simboliza a gratidão da instituição pelos serviços prestados. Foram homenageados os seguintes policiais militares: 

  • Coronel QOR Wagner Mutti Tavares;
  • 2º Tenente QOR Anela Adelaide Angeloti Barozi;
  • 2º Tenente QOR Jovanio Costa de Andrade;
  • 2º Tenente QOR Wellington Ferreira Serafim Gomes;
  • 1º Sargento QPR Celeste Ribeiro Perrone Mendes;
  • 1º Sargento QPR Moacir Jose da Silva;
  • 1º Sargento QPR Joao Carlos de Souza;
  • 2º Sargento QPR Ezer Reis da Silva;
  • 2º Sargento QPR Elisabete Ribeiro;
  • 2º Sargento QPR Roselene Aparecida Garcia da Fraga;
  • 2º Sargento QPR Jorge dos Santos;
  • 2º Sargento QPR José Maurilio Pinto.

Várias foram às barreiras e os percalços encontrados neste tempo que serviram ativamente à Corporação Mineira. A estes intimoratos profissionais cabe-nos agradecer por toda dedicação e por tudo que fizeram. Não lhes faltaram obstáculos e por vezes vontade de desistir, mas não lhes faltaram também a garra e o ímpeto de vencer. Venceram servindo ao povo mineiro de forma incondicional, lembrando sempre que o trabalho do militar, o seu sacrifício e o seu agir independem de aplausos e, quase sempre, ocorrem no anonimato. Ressaltou o Coronel Cássio em sua nota do comando.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL – 17ª RPM

Esse post foi publicado em Notícias Policiais. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s