Encontro consolida avanços no comércio internacional entre Minas Gerais e Portugal

Governo do Estado leva gastronomia, ciência e tecnologia e moda ao IV Encontro Ourém-Minas Gerais, buscando expandir o intercâmbio entre os países

O queijo canastra, a goiabada cascão, a cachaça, a cerveja artesanal e os conhecimentos na área da ciência e tecnologia e a moda mineira são as meninas dos olhos do Governo de Minas Gerais em destaque no IV Encontro Ourém-Minas Gerais, que começou nesta quarta-feira (21/6) e se estende até o próximo sábado (24/6), em Ourém, Portugal.

Fortalecer a amizade e criar laços econômicos. Este é o objetivo da missão do Governo na cidade portuguesa de Ourém, em uma ação internacional que traduz a marca da atual gestão, de estabelecer um diálogo com representantes de entidades e instituições pelo mundo para “internacionalização do estado de Minas Gerais”, como aponta a secretária adjunta da Casa Civil e chefe da Assessoria de Relações Internacionais, Mariah Brochado. Ela desembarcou nesta quarta-feira, chefiando a equipe especializada, em Portugal. 

“O encontro em Portugal promove e divulga características e empreendimentos do estado reconhecidos na América Latina e possibilita o contato com fóruns regionais e do mundo. Essa relação é de extrema importância para a troca de conhecimento e tem como pano de fundo o contexto histórico que abrange a gastronomia, moda, ciência, tecnologia e inovação”

Mariah Brochado, secretária adjunta da Casa Civil e chefe da Assessoria de Relações Internacionais 

O Encontro, neste ano, abre para a participação também na FIN – A Feira & Fórum Internacional de Negócios, favorecendo o estreitamento das relações do comércio internacional entre China e Países de Língua Portuguesa e Espanhola, nesta quarta (21/6) e quinta-feira (22), em Porto.

Com diversos diálogos e ações de parceria, a programação extensa de fóruns, debates e intercâmbio busca a promoção de investimentos em Minas Gerais – tendo como porta de entrada os países de Língua Portuguesa e Espanhola e China. 

A Feira & Fórum Internacional de Negócios deve reunir cerca de 800 empresários, empreendedores, universitários e mais de 2.500 visitantes a cada dia, promovendo um espaço para criar novas oportunidades comerciais para Minas Gerais junto ao mercado europeu, com a presença de empresas mineiras e representantes do Governo de Minas Gerais.

Em Ourém, durante o IV Encontro, realizado na Praça da Câmara Municipal, o estande da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) terá uma equipe especializada para realizar as ações de diálogo e aproximação com as empresas portuguesas.

Dentre as possibilidades de cooperação, na área da gastronomia um dos destaques é a participação do Mercado Central de Belo Horizonte – que há mais de oito décadas se tornou polo turístico e gastronômico do estado unindo tradição e contemporaneidade. O Mercado Central também vai expor produtos como a cachaça mineira, queijos e outros que são encontrados no mercado regional.

Um dos objetivos é trabalhar para viabilizar o selo de certificação para produtos brasileiros entrarem e circularem na Europa. O sistema de certificação é complexo e a sua viabilização poderá trazer inúmeros benefícios econômicos no comercio internacional.

A Casa da Gastronomia Mineira – Espaço Mineiraria, no bairro Santo Agostinho, em Belo Horizonte, local destinado à promoção do setor gastronômico do estado, segmento estratégico para o desenvolvimento econômico, também será apresentada ao público e parceiros portugueses, com projeções dos vídeos institucionais da casa gastronômica.

Veja, a seguir, o vídeo da Mineiraria que será exibido durante o Encontro: https://www.youtube.com/watch?v=DFctDX1AmW8

A moda mineira estará representada pelas empresas Misfit, Brenda Vaz e Fitt Form, apresentando suas inovações criativas e inovadoras para o setor, buscando estabelecer intercâmbio nos empreendimentos mineiros e portugueses na moda.

Na área da ciência e tecnologia, a missão vai buscar estabelecer diálogo com as empresas do ramo tecnológico na área de inteligência artificial, com uma visita da secretária Mariah Brochado ao Centro Interdisciplinar de Direitos Humanos, da Faculdade de Direito, da Universidade do Minho.

Na ocasião, será apresentado o Projeto Núcleo Multifacetado do Estado de Minas (Numem), um protocolo de intenções assinado pelo governador Fernando Pimentel, a Universidade Federal de Minas Gerais, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) e a Casa Civil.

O objetivo é tornar esse projeto uma possibilidade de interlocução entre o estado de Minas, a UFMG e acadêmicos e pesquisadores brasileiros e europeus, com certificação das atividades de modo que quaisquer projetos com intercessão entre política pública e universidade seja aderido ao Numem por pertinência temática.

Uma das ações do Numen é o Minas em Diálogo, que será promovido em Ourém, com o lançamento da coletânea da obra escrita pela secretária Mariah Brochado, “Educação para Direitos Humanos Diálogos Possíveis entre a Pedagogia e o Direito”, e o diálogo com o professor Francisco Andrade, especialista em Inteligência Artificial e Direito e Desenvolvimento, na Universidade do Minho.

A missão do Governo de Minas Gerais, é realizada com apoio da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), bem como a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ciência e Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes). 

Expansão das relações internacionais

As instituições mineiras participantes do III Encontro Ourém – Minas Gerais realizaram em Portugal, em 2016, uma ampla agenda de contatos bilaterais. O Governo de Minas Gerais e a Assembleia Legislativa de Minas Gerais renovaram o Protocolo de Intenções, celebrado em agosto de 2015 com o município de Ourém.

Neste encontro foi pactuada a dinamização dos esforços conjuntos, que já estão sendo realizados, para o estreitamento ainda maior dos laços de cooperação econômica e de intercâmbio cultural entre Portugal e Minas Gerais.

No âmbito turístico e cultural, os resultados são também promissores, como comprova o acordo de cooperação entre a Câmara de Ourém, o Centro Nacional de Cultura e a Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais.

O acordo assinado dispõe que as partes signatárias promovam ações para a criação de uma rota turística de inspiração religiosa, denominada Caminho Religioso da Estrada Real (Crer). Tendo como ponto de partida o Santuário de Fátima, a rota religiosa interligará Portugal ao Brasil, unindo os Santuários de Nossa Senhora da Aparecida, em São Paulo, e da Nossa Senhora da Piedade, em Minas Gerais.

Foi celebrado, ainda em 2016, um acordo de cooperação na área da gastronomia entre a Associação Educativa do Brasil (Soebras) e a portuguesa Isignare – Associação de Ensino e Formação.

Pelo acordo a Faculdade de Gastronomia Promove, que é mantida pela Soebras em Belo Horizonte, e a Insignare, que mantém uma Escola de Gastronomia em Ourém, passarão a desenvolver ações de cooperação nas áreas de formação profissional para os setores de hotelaria, restauração e turismo, com ênfase em gastronomia.

Esse post foi publicado em Noticias de Minas Gerais. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s