Com quase mil jogos programados, JIMI 2017 começa nesta quarta-feira (14/6)

Com a participação de 194 municípios, Jogos do Interior de Minas acontecem, simultaneamente, em oito cidades

Os próximos dias serão de muito esporte nos quatro cantos de Minas Gerais. Entre os dias 14 e 18 de junho (quinta-feira a domingo), oito cidades recebem as etapas microrregionais dos Jogos do Interior de Minas (JIMI) 2017: João Monlevade, Pitangui, Jequitinhonha, Montes Claros, Pouso Alegre, Frutal, Cataguases e Ponte Nova.

Estão previstas 974 partidas de basquete, futsal, handebol e voleibol, nos naipes masculino e feminino, com a participação de 194 municípios. As cerimônias de abertura acontecem nesta quarta-feira (14/6). 

Substituído em 2012 pelos Jogos de Minas, o JIMI volta ao seu formato original, atendendo a uma demanda da população mineira levantada durante os Fóruns Regionais de Governo. Neste ano, 321 municípios se inscreveram na competição – mais que o dobro da edição de 2016 dos Jogos de Minas Gerais.

Para o secretário de Estado de Esportes, Arnaldo Gontijo, com 33 anos de tradição o JIMI traduz a importância do esporte na vida do povo mineiro. “É muito bom poder fazer parte deste retorno dos Jogos do Interior, que por tantos anos encantou, atraiu torcidas e motivou atletas de centenas de cidades. Quem é do interior, como eu, sabe o valor deste evento para a população, sabe como o JIMI mobiliza os municípios por onde passa, potencializa a economia, o turismo e a interação entre os participantes”, destaca.

O secretário ressalta ainda o papel do evento no incentivo à prática esportiva pela população. Uma pesquisa divulgada recentemente pelo Ministério do Esporte revelou que, no país, seis em cada dez pessoas com 15 anos ou mais não praticaram esporte ou atividade física entre setembro de 2014 e setembro de 2015, contra 37,9% que praticaram. Em termos de população projetada, são mais de 100 milhões de sedentários e 61,3 milhões que se consideram mais ativos.  

Atletas vivem expectativa

Cerca de 1.225 km separam Araporã, cidade com 6.717 habitantes na divisa de Minas com Goiás, e Jequitinhonha, município com 25.465 moradores, sede da microrregional Jequitinhonha-Mucuri, localizada no leste do estado. A distância, no entanto, não diferencia a expectativa dos atletas pela participação no JIMI.

Os times masculinos araporenses participarão das disputas de basquete, futsal e handebol em Frutal – microrregional Triângulo Noroeste. Para o atleta Rodrigo Santana, goleiro do time de handebol, voltar ao JIMI é uma oportunidade de retomada do tradicional time da cidade. “Já participei em outras seis edições, comecei quando tinha 17 anos, e agora estou com 32.  Nosso time é bem mesclado, alguns atletas com mais trinta anos e outros ainda são jovens”, afirma. O atleta ainda conta que as expectativas da equipe para os Jogos são grandes. “Temos uma base forte em Araporã e vamos entrar em quadra com o intuito de ganhar medalha”, declara.

Já em Jequitinhonha, a ansiedade é dupla: por sediar a competição e para entrar em quadra. A cidade receberá representantes de 32 municípios – o maior número entre as microrregionais. Segundo o técnico de basquete masculino jequitinhonhense João Paulo Cabral, o time já está preparado para a disputa.

“A equipe já participa há muitos anos dos Jogos, temos um time jovem, com atletas que disputaram o JEMG e não têm mais idade para a competição escolar”, afirma. “Desde 2013 conseguimos boas campanhas e chegamos à fase estadual”, prosseguiu. De acordo com o profissional, a cidade também está pronta para receber o evento. “Estamos ansiosos pelo começo da etapa, o município se preparou, o comércio, e a população está bem animada também”, conclui. 

Competição de futsal contará com árbitro FIFA

Alexandre Campos é de Juiz de Fora. Árbitro de futsal do quadro da FIFA desde 2011, ele traz no currículo importantes competições: torneios sul-americanos, Grand Prix, Mundial Universitário, quatro finais de Liga Nacional, quatro finais de Taça Brasil, diversos desafios internacionais – entre eles, o confronto entre Brasil e Argentina, realizado em 2014 em Brasília diante de 69 mil torcedores – e 13 edições do JIMI.

Neste ano, Alexandre atuará na microrregional Vertentes-Mata, em Cataguases e garante que traz a mesma expectativa de quando é escalado para jogos profissionais. “Minha estreia no JIMI foi em 2004, em Conselheiro Lafaiete. Desde então, sempre que posso, tenho muito prazer de participar. Para mim, é uma competição de igual importância se comparada àquelas em que represento o Brasil”, conta.

“Independente de qualquer coisa, o trabalho do árbitro deve ser sempre sério. Desde o primeiro dia, é necessário disciplinar as equipes para que as disputas transcorram com tranquilidade. Por se tratar de um evento que não é profissional, às vezes é necessário também instruir alguns atletas que não conhecem tão bem as regras”, relata. 

A poucos dias do início dos Jogos, ele assume a ansiedade. “Esse friozinho na barriga faz parte, é importante para o árbitro. Se você não tem isso, pode não conseguir realizar o trabalho de forma eficaz. É sempre bom e motivador”, encerra. 

JIMI terá três etapas

Em 2017, o JIMI é realizado em três etapas. A microrregional é a primeira delas e aponta os classificados para a regional, que será realizada, entre 6 e 10 de setembro de 2017, em quatro sedes – Pitangui, São João del-Rei, Montes Claros e Itabira – com disputas de basquete, futsal, handebol e voleibol. Diferente do que aconteceu em 2016, as equipes classificadas serão agrupadas em apenas uma divisão.

Já a etapa estadual acontece entre 11 e 15 de outubro, com esportes coletivos, além dos individuais e paralímpicos: atletismo (paralímpico e convencional), natação (paralímpica e convencional), ciclismo speed, ciclismo mountain bike, judô, karatê, taekwondo, xadrez, bocha paralímpica e basquete em cadeira de rodas. 

Confira a programação das cerimônias de abertura das microrregionais:

João Monlevade (Metropolitana)

Data e horário: 14 de junho (quarta-feira), às 19h

Local ainda será definido 

Pitangui (Sudoeste-Oeste) | Sede tem a presença confirmada do secretário de Estado de Esportes, Arnaldo Gontijo

Data e horário: 14 de junho (quarta-feira), às 19h

Local: Ginásio Poliesportivo da Praça de Esportes
Endereço: Rua Francisco Borja, s/nº – Bairro São Francisco

Jequitinhonha (Jequitinhonha-Mucuri)
Data e horário:
 14 de junho (quarta-feira), às 19h

Local: Ginásio Dativo Botelho
Endereço: Avenida Doutor Franco Duarte, 586 – Centro.

Montes Claros (Norte-Central)
Data e horário:
 14 de junho (quarta-feira), às 19h30

Local: Ginásio Poliesportivo Tancredo Neves
Endereço: Avenida Lago de Três Marias, s/nº – Bairro Monte Carmelo.

Pouso Alegre (Sul) | Sede tem a presença confirmada do secretário de Estado Adjunto de Esportes, Ricardo Sapi
Data e horário:
 14 de junho (quarta-feira), às 20h

Local: Ginásio da Praça de Esportes Municipal (Rosão)
Endereço: Avenida Agripino Rios, s/nº – Bairro Jardim Olímpico.

Frutal (Triângulo-Noroeste)
Data e horário: 14 de junho (quarta-feira), às 19h
Local: Alvorada Praia Clube
Endereço: Praça Frei Gabriel, s/nº – Centro.

Cataguases (Vertentes-Mata)
Data e horário:
 14 de junho (quarta-feira), às 20h

Local: Praça Chácara Dona Catarina (Bairro Sereno)

Ponte Nova (Caparaó-Vale do Aço-Rio Doce)
Data e horário:
 14 de junho (quarta-feira), às 19h

Local: Ginásio Poliesportivo do Palmeiras
Endereço: Avenida Nossa Senhora das Graças, s/nº – Bairro Guarapiranga.

Esse post foi publicado em Noticias de Minas Gerais. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s