Transexual diz ter sofrido preconceito durante exame do SUS em Nazareno

Uma transexual diz ter sofrido preconceito enquanto fazia um exame pelo SUS em Nazareno. Segundo ela, o funcionário do laboratório não aceitou fazer o atendimento usando o nome social dela, Mayane Vitória. O uso do nome social de travestis e transexuais no Sistema Único de Saúde é um direito garantido por uma lei federal.

Veja a matéria completa – Clique Aqui

Esse post foi publicado em Geral. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s