Governo do Estado autoriza ponte sobre o rio do Peixe, no Território Sul, e entrega ambulâncias para a região

Investimentos vão melhorar turismo, escoamento de produção agrícola e atendimento médico-hospitalar para 152 municípios

 O governo de Minas Gerais autorizou nesta sexta-feira(19) em Três Corações, Território Sul, o início da construção de uma ponte sobre o rio do Peixe, antiga reivindicação de moradores da região, com investimentos de R$ 5,2 milhões. A obra, no quilômetro 12,8 da LMG-862, ligará as cidades de Três Corações e São Bento Abade, além de melhorar o acesso a São Tomé das Letras.

A obra foi viabilizada por meio da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) e do Departamento de Edificações, Estradas de Rodagem (DEER/MG). Durante o evento, foi feita ainda a entrega de duas ambulâncias para o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Macrorregião do Sul de Minas (Cissul) e outras mais três para a Prefeitura de Poços de Caldas.

Representando o governador Fernando Pimentel, que não pode comparecer devido às condições climáticas, o diretor-geral do DEER, Djaniro Silva, destacou a importância econômica e social da nova ponte.

“A gente não consegue medir o anseio dessa população por uma ponte tão expressiva. Uma ponte que não só liga, mas faz muito mais do que isso: traz a segurança que essa população merece. Fico feliz em representar o governador, pois esse é um governo que ouve, interpreta e executa”, destacou Djaniro Silva, ressaltando o comprometimento do governo estadual em aplicar de forma correta os recursos financeiros, destinados à população. 

Obras

Com 48 metros de comprimento, a ponte sobre o rio do Peixe foi projetada com duas pistas e passagem para pedestres, de forma a oferecer mais segurança, facilitando o acesso de turistas, inclusive a São Tomé das Letras. O empreendimento vai melhorar o escoamento para a produção de café, milho e do transporte de pedras ornamentais.

O prazo para a execução da obra, sob a supervisão do DEER/MG, é de 360 dias, a partir da ordem de início. Durante os trabalhos, a travessia sobre o rio do Peixe continuará sendo feita pela ponte de uma pista de rolamento existente e com o auxílio de uma variante.

Comemorada durante o evento pelos prefeitos de Três Corações, Cláudio Pereira, de São Tomé das Letras, Marisa Maciel, e de São Bento Abade, Jane Resende, a obra vai contribuir também para o incremento do turismo e da economia na região. O prefeito Cláudio Pereira disse que é mais uma “vitória para o Sul de Minas”. “Depois de 65 anos de demanda, estamos aqui, nesta solenidade, para anunciar a ordem de serviço da ponte. Fernando Pimentel foi o único governador que ouviu e atendeu essa demanda, que vai promover o nosso desenvolvimento”, pontuou. 

Iniciativa

Representantes da Assembleia Legislativa na solenidade, os deputados estaduais Duarte Bechir e Geisa Teixeira ressaltaram os esforços do Executivo em estar presente em todas as regiões, independentemente do atual cenário de crise do país.

“O empreendimento vai trazer, além de conforto e de segurança, a união das cidades da região. Isso mostra que, em Minas Gerais, mesmo com problemas, o Estado continua caminhando e as obras estão sendo feitas”, destacou Duarte Bechir.

Geisa Teixeira agradeceu também a entrega das ambulâncias para o Sul de Minas. “Sabemos o que significa para o Cissul a entrega dos carros. E a construção da ponte sobre o rio do Peixe, que se inicia nesta semana, é uma antiga reivindicação da população”, disse. 

Saúde

A partir de agora, o Território Sul passa a contar com mais cinco ambulâncias para ampliação da assistência médico-hospitalar. Apenas no Cissul serão contempladas 152 cidades, onde vivem 2,7 milhões de pessoas. O investimento mensal no Cissul é da cerca de R$ 3,28 milhões, sendo R$ 1,69 milhão de repasse feito pelo Estado. 

Homenagem

Representando os moradores da Comunidade Casa de Saúde Santa Fé, onde foi realizada a solenidade, Mariana de Souza Pinto Costa foi homenageada pelo prefeito Cláudio Pereira e pelo diretor da instituição, Roberto Correa, com uma placa de agradecimento. Moradora no local há 62 anos e professora do orfanato por 17 anos, dona Mariana relata a emoção de finalmente receber uma homenagem pelos serviços prestados. “Eu me senti muita grata, e senti que valeu a pena estar esses anos todos morando aqui”, afirmou.

Para o presidente da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), Jorge Nahas, as melhorias para a região, contando com a parceria entre Estado e municípios, permitem “aprimorar e entregar, com modernização, equipamentos da saúde para a comunidade e à serviço do Sistema único de Saúde (SUS)”.

Participaram do evento também o secretário de Estado de Desenvolvimento Agrário, Professor Neivaldo, o presidente do Cissul e prefeito de Andradas, Rodrigo Lopes, além de prefeitos da região, lideranças da área da saúde, representantes da população civil e servidores do DEER e Setop.

Fotos: Veronica Manevy/Imprensa MG

Esse post foi publicado em Noticias de Minas Gerais. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s