Candidato do PSB à Prefeitura de Poços tem candidatura indeferida

O candidato do PSB à Prefeitura de Poços de Caldas, Paulinho Courominas, teve a candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral. A decisão, publicada nesta quarta(7), é do juiz eleitoral Nicolau Lupianhes Neto, responsável pela Zona Eleitoral da cidade.

O pedido de impugnação foi feito pela comissão provisória do Partido Republicano Progressista (PRP), presidida pelo também candidato a prefeito Rovilson de Assis Pimentel, o Rovilson Canjiquinha. O pedido alega que as contas do exercício financeiro de 2012, quando Paulinho ainda era prefeito da cidade, foram rejeitadas pela Câmara por descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Na decisão, o juiz alega que houve falta de quitação eleitoral, o que demonstra ausência de elegibilidade. Segundo a assessoria do Tribunal Regional Eleitoral, Paulinho Courominas ainda pode recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A assessoria do candidato divulgou, no fim da tarde desta quarta-feira, uma nota oficial. Confira o texto na íntegra:

Informamos que a campanha de Paulinho Courominas da Coligação “Honestidade e Trabalho” à Prefeitura de Poços de Caldas permanence propositiva e que nosso candidato é íntegro, bom gestor e está preparado para governar novamente a cidade junto com seu vice Tassinari.

Desde o princípio nossos adversários políticos nao têm propostas. O fato da nossa campanha sobressair às demais faz com que os mesmos só tenham um discurso: ‘afirmar que Paulinho não pode ser candidato’.

Courominas diz estar entusiasmado com o andamento da campanha eleitoral e otimista quanto à vitória, apontada pelos institutos de pesquisa e conforme vêm manifestando os eleitores da cidade. “A população tem demonstrado total confiança em nosso projeto e na nossa capacidade em apresentar propostas novas, concretas e viáveis de modo que vamos continuar a levar nossa mensagem para todos, mantendo a campanha propositiva e de alto nível que fizemos até aqui”, afirma Paulinho.

Nossa assessoria jurídica está segura de que qualquer decisão de primeira instância é passível de recurso e com êxito a nosso favor.

Outro indeferido
Outro que também está com a candidatura indeferida na cidade é Rovilson de Lima do partido Partido Republicado da Ordem Social (PROS). A decisão se deu no dia 1º de setembro quando o juiz eleitoral Paulo Rubens Salomão Caputo, responsável pela 350ª Zona Eleitoral da cidade, certificou que alguns documentos apresentados para a candidatura dele não estavam de acordo com as formalidades legais.

De acordo com informações do TRE, Rovilson de Lima já entrou com recursos contra a decisão, mas o processo ainda aguarda julgamento por instância superior.

G1 Sul de Minasoferecimento_bioessencia

Esse post foi publicado em Eleições 2016. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s