Homem é esfaqueado na frente da filha de 7 anos

Em Varginha, após uma briga de transito, um homem foi esfaqueado na frente de sua filha de 07 anos.

souzaSegundo o autor, Pedro Augusto Souza, de 35 anos, a confusão teria começado quando ele estacionou para pegar um marmitex em um restaurante próximo ao local do crime, no Centro da cidade.

morte_1_copiaA vítima, Daniel Borges Messano, de 41 anos, levou duas facadas, uma no peito e outra no queixo. “O rapaz estava com o carro aqui parado errado, o outro estava atrás buzinando, aí eles começaram a discutir. Um mandou o outro descer do carro para resolver isso, na hora que os dois desceram, um saiu com uma faca na mão e já partiu para cima”, contou uma testemunha que não quis ser identificada.

Ele chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Bom Pastor, mas não resistiu aos ferimentos. A filha dele, de 7 anos, estava no banco de trás e viu toda a ação. “Ela estava chorando demais, só que ela não queria sair, ela gritava o tempo todo ‘meu pai morreu, meu pai morreu, eu quero meu pai'”, completou a testemunha.

O suspeito fugiu do local após a confusão, mas testemunhas anotaram a placa do carro e ele foi localizado menos de uma hora depois no trevo de Elói Mendes.

Segundo a Polícia Militar, Souza teria confessado o crime e dito que tinha parado no restaurante para pegar um marmitex, quando o outro motorista chegou e começou a confusão.

“Confessou ter desferido os golpes na vítima, uma vez que houve uma discussão de trânsito que evoluiu para um agressão. E como ele estava de posse dessa faca em seu carro, ele a sacou e desferiu os golpes contra a vítima”, contou o tenente Luiz Paulo Barros.

Rosilene Biancasteli é esposa de um primo do suspeito. Segundo ela, Souza é pai de quatro filhos e nunca havia agredido ninguém. “Um moço bom, de família. Nós estamos… não tem jeito nem de falar”, disse.

Depois de ser ouvido, Souza alegou legítima defesa. “Do jeito que ele já desceu, foi sem diálogo, sem conversa. Foi onde ele já me desferiu esse murro aqui na boca. Eu olhei e falei ‘nossa, o que eu fiz? Que que eu fiz, né? Uma besteira que eu fiz, por causa de um marmitex'”.

bradesco ofere

Esse post foi publicado em Notícias Policiais. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s