Dentista morre após ser picado por marimbondo

Segundo amigos, ele era alérgico e estava sem o medicamento indicado na hora da picada

Um dentista de Pouso Alegre morreu nesta segunda-feira depois de ser picado por um marimbondo em um hotel de Pocinhos do Rio Verde, município de Caldas, no Sul de Minas. Segundo a polícia, testemunhas disseram que José Lamartine Galvão de Campos, de 48 anos, foi picado pelo inseto e imediatamente sentiu tonturas e desmaiou. Lamartine foi levado para a Santa Casa de Caldas em choque anafilático, provocado pelo veneno do inseto. Médicos tentaram reanimar o dentista, mas ele não reagiu e morreu.

Segundo o médico que atendeu o dentista, o choque anafilático causa parada cardíaca e a perda de pressão arterial e respiração. Segundo amigos, o dentista era alérgico a picadas de insetos, mas estava sem o medicamento indicado. Na hora da picada, ele estava com a esposa e um casal de amigos olhando um hotel onde seria feito um retiro de casais de um movimento da Igreja Católica.

José Lamartine era casado e deixa três filhos. O corpo dele foi sepultado no final da manhã desta segunda-feira (23) no Cemitério Municipal de Pouso Alegre.

Esse post foi publicado em Geral. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s