Lixão x Aterro

De acordo com a Pesquisa Nacional de Saneamento Básico realizada pelo IBGE em 2000, coleta-se no Brasil diariamente 125,281 mil toneladas de resíduos domiciliares e 52,8% dos municípios Brasileiros dispõe seus resíduos em lixões.

Você sabe a diferença entre lixão, aterro controlado e aterro sanitário?

Um lixão é uma área de disposição final de resíduos sólidos sem nenhuma preparação anterior do solo. Não tem nenhum sistema de tratamento de efluentes líquidos – o chorume (líquido preto que escorre do lixo). Este penetra pela terra levando substancias contaminantes para o solo e para o lençol freático. Moscas, pássaros e ratos convivem com o lixo livremente no lixão a céu aberto, e pior ainda, crianças, adolescentes e adultos catam comida e materiais recicláveis para vender. No lixão o lixo fica exposto sem nenhum procedimento que evite as conseqüências ambientais e sociais negativas.

Já o aterro controlado é uma fase intermediária entre o lixão e o aterro sanitário. Normalmente é uma célula adjacente ao lixão que foi remediado, ou seja, que recebeu cobertura de argila, e grama (idealmente selado com manta impermeável para proteger a pilha da água de chuva) e captação de chorume e gás. Esta célula adjacente é preparada para receber resíduos com uma impermeabilização com manta e tem uma operação que procura dar conta dos impactos negativos tais como a cobertura diária da pilha de lixo com terra ou outro material disponível como forração ou saibro. Tem também recirculação do chorume que é coletado e levado para cima da pilha de lixo, diminuindo a sua absorção pela terra ou eventuamente outro tipo de tratamento para o chorume como uma estação de tratamento para este efluente.

Mas a disposição adequada dos resíduos sólidos urbanos é o aterro sanitário que antes de iniciar a disposição do lixo teve o terreno preparado previamente com o nivelamento de terra e com o selamento da base com argila e mantas de PVC, esta extremamente resistente. Desta forma, com essa impermeabilização do solo, o lençol freático não será contaminado pelo chorume. Este é coletado através de drenos de PEAD, encaminhados para o poço de acumulação de onde, nos seis primeiros meses de operação é recirculado sobre a massa de lixo aterrada. Depois desses seis meses, quando a vazão e  os parâmetros já são adequados para tratamento, o chorume acumulado será encaminhado para a estação de tratamento de efluentes. A operação do aterro sanitário, assim como a do aterro controlado prevê a cobertura diária do lixo, não ocorrendo a proliferação de vetores, mau cheiro e poluição visual.FONTE: Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sóilidos de Santa Rita do Sapucaí – PROJETO ENGAVETADO EM 2008



Sobre Giácomo Costanti

Email: contato@valeindependente.com.br Fone: 35 9847 8244
Esse post foi publicado em Cidade, Meio Ambiente. Bookmark o link permanente.

5 respostas para Lixão x Aterro

  1. João Paulo disse:

    Parabens ao blog por informações tão uteis.
    abs
    JP

  2. josé leandro romero disse:

    as principais vantagens do aterrro são:

    •Evitar a proliferação de moscas, baratas, urubus e outros animais nocivos à saúde humana;
    •Inibir surgimento de catadores;
    •Diminuir a degradação do solo;
    •Evitar o espalhamento de lixo nas redondezas, pela ação do vento;
    •Controlar gases formados durante o processo de depuração do lixo;
    •Compactar o lixo acomodando-o no menor espaço possível;
    •Controlar odores fétidos nas áreas de habitação humana.
    o exemplo de um aterro na região e a de extrema.

  3. fabiane tavares disse:

    o que e e para que serve dentro de um aterro sanitario:
    trafego,espalhamento de materiais,ridos e odores,proliferaçao de vetores,frente de operaçao,manutençao de estrutra,monitoramento ambiental

  4. Victor Thadeu disse:

    Eu queria saber o que é aterro em geral e todos os seus tipos

  5. helia cardoso disse:

    gostaria de ter um aterro sanitário em minha cidade…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s